Prazo para aderir ao Relp termina dia 31, alerta Receita Federal

Pagamento pode ser feito em até 180 vezes

Via Agencia Brasil

Superintendência da Receita Federal, em Brasília. Foto por: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O prazo para micro e pequenas empresas parcelarem suas dívidas pelo Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp) termina em 31 de maio, alertou a Receita Federal. O prazo também vale para microempreendedores individuais (MEIs).

Até a última sexta-feira (19), mais de 100 mil empresas já haviam aderido ao programa.

De acordo com o órgão arrecadador, podem ser regularizadas pelo Relp todas as dívidas apuradas pelo Simples Nacional até o mês de fevereiro de 2022. A adesão pode ser feita pelo e-CAC, disponível no site da Receita Federal ou pelo Portal do Simples Nacional.

O pagamento poderá ser parcelado em até 180 vezes, com redução de até 90% das multas e juros, dependendo do volume da perda de receita da empresa durante os meses de março a dezembro de 2020 (calculado em relação a 2019).

Parcelamentos rescindidos ou em andamento também poderão ser incluídos.

O parcelamento de débitos já inscritos em Dívida Ativa da União deve ser negociado junto à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

*Com informações da Receita Federal do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Polícia Civil e parceiros atuam em operação de combate ao desmatamento ilegal no norte de MT

seg maio 23 , 2022
O estado de Mato Grosso, atualmente, utiliza-se de sistemas capazes de identificar o local do desmatamento ilegal via satélite Via Assessoria PJC/MT A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) e Gerência de Operações Especiais (GOE), em parceria com o Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia […]