Presidente do CRECI/MT alerta para o exercício ilegal da profissão de Corretor de Imóveis em MT

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis – CRECI-MT – está de olho na atuação de falsos corretores, ou seja, pessoas que atuam no mercado imobiliário, mas que não têm formação técnica e não tem inscrição, junto ao órgão regulamentador. O registro no CRECI/MT traz segurança ao negócio imobiliário realizado, ainda mais frente à complexidade de tais relações.

Benedito Odário, presidente do CRECI/MT, explicou que a Entidade em MT, vem desenvolvendo, ao longo da sua gestão, uma fiscalização mais dura, combativa e informativa, prezando sempre o diálogo entre todos.

Para trabalhar na transação imobiliária é preciso que o profissional tenha uma formação adequada, capaz de lhe dar compreensão técnica a respeito das negociações imobiliárias.

O presidente do CRECI/MT ressaltou que muitos dos falsos corretores ainda vendem imóveis sem registros em cartórios e alertou para que a população busque conhecer o histórico do profissional antes de realizar a compra ou aluguel de algum desses bens.

Quem atua dessa forma comete o crime de contravenção. É o mesmo que uma pessoa se passar por um médico ou advogado, ou outro profissional, mas não tenha se formado para isso ou esteja regularizado junto aos conselhos da classe. Essa pessoa corre o risco de ser presa por exercício ilegal da profissão e vai responder na Justiça Federal.

Portanto, para exercer a profissão de Corretor de Imóveis é preciso ter o curso de técnico em transações imobiliárias ou tecnólogo em gestão imobiliária, habilitação no Conselho de Fiscalização Profissional e anuidade rigorosamente em dia junto ao CRECI/MT.

Fonte: http://www.crecimt.gov.br/presidente-do-creci-mt-alerta-para-o-exercicio-ilegal-da-profissao-de-corretor-de-imoveis-em-mt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Assunto do Dia 27/02/20

qui fev 27 , 2020
BOLSONARO DIZ QUE PREÇOS DE PEDÁGIOS EXTRAPOLAM O RAZOÁVEL NO BRASIL . VOCÊ CONCORDA COM O PRESIDENTE ? OU NÃO ? POR QUE?