Professores de MT começam a receber os notebooks e afirmam que educação vai melhorar

Repasse foi realizado diretamente na conta dos professores, que são responsáveis pela compra

Via Assessoria Seduc/MT

Professor de Salto do Céu, Dalmi Caciano Pontes recebeu o notebook no dia 15 de abril Foto por: Divulgação

Os notebooks comprados pelos professores da rede estadual de ensino, com recursos transferidos pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), começam a chegar em todos os municípios.  Os profissionais que já estão com seus computadores afirmam que as especificações exigidas garantiram excelente qualidade e que essa medida vai garantir mais qualidade no ensino. A aquisição é feita pelos próprios profissionais que receberam R$ 3.500,00 na conta bancária.

Professor de Geografia na Escola Estadual Dep. Francisco Vilanova, em Salto do Céu (371 km ao oeste de Cuiabá), Dalmi Caciano Pontes recebeu seu equipamento no dia 15 deste mês e afirma que o repasse feito pela Seduc vai proporcionar um trabalho de melhor qualidade, principalmente neste momento de pandemia, que a tecnologia é indispensável.

“É muito gratificante porque sabemos que muitas vezes as dificuldades financeiras impedem os educadores de adquirirem um notebook com qualidade para exercer a profissão”, enfatiza.

O professor também elogiou a rapidez entre o anúncio da ajuda e o repasse nas contas. “Tudo foi feito de forma rápida e eficaz. E vai melhorar ainda mais quando a Seduc disponibilizar o recurso de acesso à internet e aí todos vão ter condições melhores de aprendizagem. Profissionalmente, o notebook vai trazer melhor atendimento aos nossos alunos. Todos os profissionais estão gratos por isso”.

Assessora pedagógica em Porto Espiridião (326 km a oeste de Cuiabá), Azenilda Pereira de Oliveira destaca que está na educação estadual desde 2002 e os professores sempre tiveram que usar recursos próprios para adquirir materiais para darem aulas.

“O sentimento é de gratidão. O momento é de bastante alegria, é bonito partilhar isso, é bonito se sentir reconhecido, num momento tão difícil como estamos vivendo da pandemia, em que a gente lida com tantas tristezas, tantas perdas, eu vejo como um alento, é algo que vem para alegrar”, ressaltou Azenilda, lembrando que o notebook será uma ferramenta indispensável para a realização das atividades.

Assessora pedagógica Azenilda Pereira e coordenadora Francielle Carlini Créditos: Divulgação

Compra conjunta

Na Escola Estadual João Ponce de Arruda, em General Carneiro (442 km a leste de Cuiabá), 11 professores fizeram a compra no mesmo local, conseguiram descontos e já estão com as máquinas, como é o caso da professora Laiene Peixoto de Araújo.

“Já tive experiência com outras marcas. Agora com esse programa do Estado para a compra de notebooks, optei por computador da Dell. Já recebi meu equipamento e estou trabalhando nele. Melhor impossível”, assinala.

Segundo a secretária da escola, Letícia Cristina de Silva Souza, os professores fizeram contato, no início de abril, com vendedor da empresa e logo fecharam contrato. Menos de duas semanas, os professores já receberam os equipamentos.

“Foi jogo rápido com os professores falando por telefone com o vendedor e logo fechando a compra. Só dois professores que fizeram a compra em separado com outra empresa. A rapidez na entrega impressionou”, destaca.

Nas redes sociais

Coordenadora pedagógica da Escola Estadual Francisco Saldanha Neto, em Tabaporã (643 km a médio-norte de Cuiabá), Francielle de Fátima Carlini fez questão de postar nas redes sociais logo que o computador chegou e enfatizou a importância da ação.

“Iniciativa da @seduc.mt sob o comando do @alanportooficial que auxiliará no desenvolvimento do nosso trabalho não só neste momento de pandemia, mas a longo prazo”, completou.

Francielle enfatizou que “o que é bom deve ser reconhecido, compartilhado e reproduzido”.

“Para mudarmos a realidade da educação pública do nosso país, precisamos de ações pontuais que produzam resultados a curto e longo prazo. Além da compra do notebook, os professores receberão auxílio internet por 36 meses”.

Ela ainda comentou que outros estados poderiam seguir o exemplo de Mato Grosso, criando melhores condições de trabalho aos professores e, consequentemente, melhores oportunidades de aprendizado aos estudantes.

A coordenadora enfatizou que todos estão trabalhando para superar os obstáculos que surgiram com a pandemia da Covid-19, com o objetivo de proporcionar uma educação efetiva e de qualidade. “Essa ação de apoio da @seduc.mt favorecerá muito o nosso trabalho e acredito que não será a única. Vamos transformar a educação de Mato Grosso”, concluiu.

A assessora pedagógica de Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá), Isa Von Borstel Marques Dapper, também já recebeu o notebook e agradeceu.

“Quero dizer que fiquei muito feliz e estou agradecida a todos os envolvidos neste grande projeto de valorização dos professores, de modo especial ao nosso Governador Mauro Mendes e vice-governador Otaviano Pivetta, nosso secretário de Educação do Estado Alan Porto e o secretário adjunto, Amauri Fernandes, que estão sempre disponíveis a nos atender e orientar em tudo que é necessário”.

Pelos Correios

O diretor da Escola Célia Rodrigues Duque, no centro de Várzea Grande, Admilson Mário de Assunção, esperou 11 dias pelo notebook que comprou pela internet e recebeu pelos Correios. O gestor também está satisfeito com o novo equipamento. “Gostei muito, pois tem um designer bonito, fácil de configurar, excelente velocidade”, avalia.

Foto por: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Procedimentos para instalação da CPI serão divulgados na segunda (19)

sáb abr 17 , 2021
Informação é do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Via Agencia Brasil A presidência do Senado divulgará na segunda-feira (19) o cronograma da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Esse cronograma vai trazer os procedimentos para instalação da CPI, ocasião em que os membros se reunirão para eleger formalmente o […]