Quarenta mártires de Sebaste, deram testemunho no martírio

No ano de 320 esses homens deram testemunho no martírio. Em 313 os imperadores Constantino e Licínio, assinaram o Edito de Milão, que dava liberdade às religiões, para a manifestação pública. Passado um tempo, Licínio começou a perseguir a Igreja de Cristo, prejudicando padres, bispos e famílias.

Nesse contexto, estavam quarenta homens, oficiais e soldados cristãos, que serviam ao Império. Licínio retomou uma lei onde para servir o Império era preciso sacrificar aos deuses. Muitos, inclusive estes quarenta homens, não aceitaram.

Deixaram por escrito suas despedidas, pediram orações aos bispos e diáconos, e que seus corpos fossem colocados todos juntos. Por não renunciarem a Jesus, foram colocados em um tanque gelado de um dia para o outro, para depois serem queimados.

Um deles buscou a pia de água temperada, separada para aqueles que quisessem apostatar, mas faleceu ali mesmo, com o choque térmico.

Os outros perseveraram por amor a Jesus.

Quarenta mártires de Sebaste, rogai por nós!

Fonte: https://santo.cancaonova.com/santo/quarenta-martires-de-sebaste-deram-testemunho-no-martirio/?sDia=10&sMes=03&sAno=2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Caos na BR-174: mais de 60 mil litros de leite são jogados fora por falta de transporte

ter mar 10 , 2020
Atoleiros na rodovia federal que corta o noroeste de Mato Grosso comprometem a coleta e produtores jogam no lixo o alimento que é a principal fonte de renda em muitas propriedades Em poucos segundos, toda toda a produção dos últimos 4 dias vai parar no lixo. A imagem dos 1.700 […]