Secretaria Municipal de Saúde de Guarantã do Norte (MT) oferta atendimento com médico otorrinolaringologista que realiza atendimentos e cirurgias

Os pacientes procuram o PSF local e solicitam a avaliação com otorrino.

Por Claudemir Lima

Médico otorrinolaringologista Drº Eduardo SantosFoto por: vídeo

A Prefeitura Municipal de Guarantã do Norte (MT) através da Secretaria Municipal de Saúde vem oferecendo atendimento em diversas especialidades com profissionais altamente qualificados para que a população possa passar pelas consultas e receber todos os atendimentos no próprio município.

Pelo terceiro ano consecutivo, o otorrinolaringologista Dr° Eduardo Santos atende os pacientes de Guarantã do Norte e municípios da região que apresentam problemas de saúde no nariz, seios da face, garganta e ouvidos.

Onária Basília Pereira, que é moradora de Guarantã do Norte (MT), diz que sentiu dores de garganta e dificuldades para se comunicar. “É a primeira vez, vou fazer os primeiros procedimentos para ver quais serão os exames”, disse Onária. A paciente disse que está aproveitando a oportunidade que o médico está atendendo para ser avaliada e ressalta que antes teria que procurar fora do município um médico especialista. “O prefeito Érico está fazendo muita coisa por nós. Sou muito grata a ele”.

Já Elenir Soares Evas dos Santos sentiu coceira no ouvido, passou pelo atendimento médico no PSF e pela primeira vez pôde consultar com um médico otorrinolaringologista. “Eu tenho muita coceira no meu ouvido. Já faz algum tempo, eu fiz algumas lavagens, e me disseram que eu não posso mais fazer. E me organizaram para vir aqui, para o otorrino, para ele avaliar”. A paciente enfatiza que é muito importante para ela ser atendida diretamente no município. “A gente é bem atendido aqui”, acrescenta.

Os sintomas incluem obstrução nasal, distúrbios do sono e efusões da orelha média com perda auditiva. Foto por: divulgação

Há cerca de 90 dias, Antônio Feliciano tem sentido dores na garganta e disse que teve a voz alterada com o problema, apresentando rouquidão e com dificuldades para falar. Ele foi atendido em um PSF e encaminhado para ser atendido pelo especialista.

Em média são atendidos 30 pacientes que passam pela triagem das unidades de saúde e são encaminhados para o Centro de Especialidades de Guarantã do Norte. Todos os atendimentos e procedimentos cirúrgicos são ofertados gratuitamente. Drº Eduardo dos Santos descreveu sobre as patologias clínicas, o trabalho que vem sendo realizados e da importância dos investimentos realizados pela gestão do prefeito Érico Stevan e toda a saúde pública de Guarantã do Norte. “Tem muitos pacientes com alergia, perda de audição, zumbido, tontura, muitos desvios de septo do nariz (alteração do nariz), hipertrofia de adenoides (carne esponjosa). Então estes pacientes que necessitam de cirurgias são realizadas aqui em Guarantã. Esta é a terceira vez, terceiro dia de atendimento, dessa prestação de serviços deste ano. Nós estamos esperando baixar a pandemia para poder iniciarmos as cirurgias no Hospital Municipal”

Os pacientes procuram o PSF local e solicitam a avaliação com otorrino. O médico do PSF que percebe alguma alteração faz encaminhamento ao especialista. Os pedidos vão para a Central da Secretaria de Saúde e, de acordo com a demanda, entra em contato com o otorrinolaringologista para atendimento. “Sempre atendendo umas duas a três vezes os números de pacientes que são cirúrgicos. Os que não são a gente faz tratamento, alguns retornam, outros não tem necessidade. Os cirúrgicos a gente opera na cidade”, informa Drº Eduardo.

O desvio do septo nasal ocorre quando o septo não está devidamente centrado no narizFoto por: mdsaude/reprodução

Fonte: Assessoria Municipal de Guarantã do Norte (MT)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Sebrae e Secretaria de Comércio em Colíder (MT) querem auxiliar o empreendedor na formalização do negócio

seg maio 3 , 2021
Na sexta-feira (30), recebemos no “Cidade em Pauta”, a coordenadora do Sebrae, Margarida Gaona e o secretário municipal Lourenço Marani. Por Claudemir Lima