Sefaz divulga lista de empresas que tiveram a opção ao Simples Nacional impedida

2.591 contribuintes terão até o dia 01 de abril para protocolar recurso contra indeferimento e comprovar regularidade

Via Assessoria Sefaz/MT

– Foto por: Secom-MT

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) disponibilizou desde ontem (22) o Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional 2021. O documento traz a relação das micro e pequenas empresas que tiveram o pedido de enquadramento ao regime negado por apresentarem pendências junto ao Fisco estadual.

Das 4.932 empresas que solicitaram opção ao regime, 2.591 apresentaram pendências tributárias e tiveram os pedidos indeferidos. Agora, esses contribuintes terão protocolar recurso e comprovar sua regularidade até o dia 01 de abril de 2021.

De acordo com a Coordenadoria de Cadastro (CCAT), da Sefaz, dentre as irregularidades que impediram a opção ao Simples Nacional está a omissão na apresentação de documentos fiscais, débitos em aberto e inscrição estadual cassada ou suspensa. Exceder o valor limite da receita bruta anual, previsto na Lei Complementar nº 123/2006, também é um fator que impede a adesão ao regime simplificado.

O recurso deve ser formalizado via Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos (e-Process). Para isso, é necessário preencher o requerimento “Simples Nacional – Impugnação ao Indeferimento do Enquadramento -2021” e anexar a documentação comprobatória de que a situação foi regularizada até dia 31 de janeiro. O prazo consta na Portaria nº 240/2020 que dispõe sobre o indeferimento do enquadramento no Simples Nacional no exercício de 2021.

Após a análise dos documentos, caso seja deferido, a empresa terá sua adesão ao Simples Nacional efetivada, com efeito retroativo a 01 de janeiro de 2021. O indeferimento da opção do contribuinte pelo Simples Nacional será considerado definitivo diante da falta de interposição de recurso no prazo previsto ou do indeferimento do recurso.

Para consultar a relação de pendências que indeferiram o enquadramento, os contribuintes devem acessar o site da Sefaz. No caso das empresas, com inscrição estadual, que tiverem contabilista o acesso pode ser feito na área restrita, com login e senha do profissional responsável. Já os contribuintes não inscritos a consulta deverá ser efetuada no banner Serviços e em seguida na opção Simples Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Adolescentes internadas são capacitadas sobre Planejamento Familiar em MT

ter fev 23 , 2021
Por Juliano Patrick | Sesp-MT O Centro de Atendimento Socioeducativo Feminino (Case) de Cuiabá realizou uma palestra sobre Planejamento Familiar e Saúde para adolescentes internadas. O objetivo foi esclarecer sobre higiene pessoal e cuidados com o corpo para evitar Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), contaminação pelo HIV, além de uma gravidez não desejada. O […]