Seis motoristas são presos por embriaguez ao volante na MT-251

De 70 veículos vistoriados, 31 foram autuados e 24 foram removidos; quatro motoristas se recusaram a fazer o teste de alcoolemia

Via Assessoria SESP/MT

– Foto por: GGI/Sesp

Seis motoristas foram presos por dirigirem embriagados na MT-251, rodovia que dá acesso à Chapada dos Guimarães, no final da tarde de terça-feira (12.10). As prisões foram realizadas durante a 55ª edição da Operação Lei Seca, realizada no quilômetro 8 da rodovia.

Na ocasião, 70 veículos foram vistoriados e 73 testes de alcoolemia foram realizados. Destes 70 veículos, 31 foram autuados e 24 foram removidos, sendo 20 carros e quatro motocicletas.

Ao todo, 46 infrações foram lavradas, entre elas, nove por dirigir veículo sob efeito de álcool, quatro por recusa ao teste de etilômetro, sete por dirigir veículo sem possuir habilitação para tal e 19 por conduzir veículo sem registro ou não licenciado.

Seis condutores que dirigiam sem possuir habilitação tiveram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) lavrado durante a ocasião. Este tipo de documento é emitido no caso de crimes de menor potencial ofensivo. Na ocasião também foram recolhidas oito habilitações e três Comprovantes de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

A operação é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), e nessa edição contou com a participação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e do Serviço de Operações Especiais (SOE) do Sistema Penitenciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Futuro da energia será a preservação das nascentes para aumentar reservatórios

qua out 13 , 2021
Projetos de reflorestamento ajudam a aumentar volume dos rios Via Agencia Brasil No meio de uma região quente e seca em pleno sertão nordestino, surge uma espécie de oásis. A água cristalina que está brotando na Caatinga não é uma miragem, mas sim o resultado do reflorestamento realizado em uma […]