Sinop (MT) determina toque de recolher; medida já era esperada

Via Gazeta Digital

Prefeitura de Sinop alterou decreto de medidas contra o coronavírus — Foto: Prefeitura de Sinop

A Prefeitura de Sinop (500 km ao norte da Capital) anunciou medidas mais duras no combate à pandemia do novo coronavírus. A partir de sexta-feira (19), estão suspensas as aulas das faculdades e passa a vigorar o toque de recolher, das 22h30 às 5h.

Inicialmente as restrições valem de 18 de junho a 5 de julho, mas podem ser prorrogadas se os casos continuarem aumentando. Até quarta-feira (17), o município tinha 205 casos registrados, com 15 mortes.

Com o toque de recolher, os estabelecimentos comerciais terão o expediente reduzido e os eventos públicos e privados foram cancelados. A exceção são os velórios, porém, com limite máximo de 10 pessoas simultaneamente no local.

Quem descumprir o toque de recolher poderá pagar multa e, dependendo do caso, até ser encaminhado para a delegacia, além de ser responsabilizado civil, penal e administrativamente.

“Mantemos diálogo aberto com o Ministério Público e entidades, sempre com o apoio do meu secretariado e nossas equipes técnicas. Todas as ações sempre foram pensadas no melhor para o povo sinopense, aliando a saúde e economia”, explicou a prefeita Rosana Martinelli (PL).

Leia aqui: Centro-Oeste do país tem tempo claro a parcialmente nublado, nesta sexta-feira (19)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Caixa divulga hoje (19) pagamento da 3ª parcela do auxílio emergencial

sex jun 19 , 2020
Inscritos no Bolsa Família receberão última parcela até 30 de junho Via Agencia Brasil A Caixa Econômica Federal fará hoje (19) o depósito de R$ 600 (R$ 1.200 para famílias chefiadas por mulheres) referente à 3ª parcela do auxílio emergencial para beneficiários do programa Bolsa Família que possuem o número […]