Sorriso (MT)realiza força tarefa para aplicar a primeira dose em todos os idosos ainda nesta semana

Via Decom

Fotos: Decom

Uma grande força tarefa com vacinas sendo aplicadas, tanto por drive thru quanto por agendamento. É para isso que a equipe da Secretaria de Saúde e Saneamento está organizada depois de receber ontem (03) mais 1.680 doses de vacina contra a Covid-19. De acordo com o gestor da pasta, Luís Fábio Marchioro, a intenção é avançar com a vacinação entre os idosos. “Nossa meta é fechar o público de idosos nessa semana com a aplicação da primeira dose em todos os sorrisenses com 60 anos ou mais”, explica. Especificamente nesta terça-feira (04), a vacinação é realizada por agendamento.

Marchioro alerta que quem tem 62 anos ou mais e ainda não recebeu nenhuma dose, deve ligar na Central 150 para verificar o que houve. “Estamos fazendo esse alerta, pois acreditamos que todos dessa faixa etária tenham sido imunizados ao menos uma vez. Caso alguém ainda não foi imunizado ou tem um familiar que não tenha sido, pode nos procurar”.

Conforme Marchioro a expectativa da Secretaria é que o recebimento de novas remessas de vacina não seja mais interrompido. “Após concluir os idosos nosso objetivo é avançar junto aos trabalhadores da saúde de estabelecimentos privados como clínicas, consultórios, laboratórios e farmácias; e, iniciar o atendimento das pessoas com comorbidades que realizaram o pré-cadastro on-line”, ressalta.

Para realizar uma semana inteira dedicada às imunizações como essa, cerca de 120 pessoas atuam direta e indiretamente nos trabalhos. Isso porque além de toda a equipe de enfermagem, formada por enfermeiros e técnicos, a equipe da Central do 150 está na retaguarda dos trabalhos, realizando as ligações para o agendamento. “Por isso destacamos a importância de todos os agendados comparecer para receber a dose. Há muito trabalho e respeito por todos os nossos cidadãos em todas as ações realizadas”, pontua o secretário.

Fotos: Decom

Doses recebidas e aplicadas

Marchioro destaca que com a nova remessa que chegou ontem (03), até o momento o Município recebeu 14.012 doses de vacinas contra a Covid-19. Do total recebido, 11.640 doses já foram aplicadas, o que equivale à aplicação de 81,8% dos imunizantes recebidos. 7.524 pessoas foram imunizadas com uma dose; outros 3.936 sorrisenses já foram imunizados pela segunda vez. Os dados são de hoje (04) e constam no Portal Localiza SUS do Ministério da Saúde.

O secretário ressalta que quem foi imunizado – independente de ter recebido uma ou as duas doses; deve manter a rotina de cuidados, pois a vacina não evita o contágio. “Mas tem demonstrado boa eficácia evitando a evolução para casos graves com necessidade de internações”, relata. 

O Município vem seguindo à risca o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. “Pedimos empatia à população; queremos imunizar todos. Mas nesse momento está fora do nosso alcance, por isso reforçamos a necessidade da intensificação das medidas protetivas como o uso de máscara, do álcool 70º, a higienização constante das mãos e o fim das aglomerações e festas clandestinas”, declara.

“Recomendamos que quem testou positivo e está bem, deve ficar em casa. Lembramos ainda que familiares que convivem com pessoas positivas também devem observar a quarentena para evitar que transportem o vírus para outros locais”, alerta. “Nesse momento, um pouco de empatia pelo outro e cuidado também são medicamentos indispensáveis ao nosso dia-a-dia”, finaliza.

E quem tiver qualquer sintoma, deve procurar o Hospital de Campanha Municipal ou a UPA Sara Akemi Ichicava, ambos abertos 24 horas. Dúvidas também podem ser esclarecidas pelo 150 que atende das 7 horas da manhã à meia-noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

CPI da Pandemia inicia hoje depoimentos ouvindo Mandetta e Teich

ter maio 4 , 2021
Ex-ministros falarão na condição de testemunhas Via Agência Brasil A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado começa a ouvir nesta terça-feira (4), de forma semipresencial, os primeiros depoimentos de ex-ministros da Saúde. Serão ouvidos Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, respectivamente, a partir das 10h e das […]