STF confirma liminar de Barroso que determinou criação da CPI da Covid-19

Pela decisão, procedimento a ser seguido pela CPI deve ser definido pelo próprio Senado

Via Portal.STF

Foto por :  Carlos Moura

O plenário do Supremo Tribunal Federal, por maioria de votos, acaba de confirmar a liminar do ministro Luís Roberto Barroso que determinou a instalação pelo Senado da CPI da Covid-19.

O julgamento seguiu de maneira célere, sem grandes debates — com a divergência apenas do ministro Marco Aurélio Mello, decano da Corte.  Na noite desta terça-feira, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, já havia criado a comissão.

Pelo voto de Barroso, o procedimento a ser seguido pela CPI deve ser definido pelo próprio Senado. “Não cabe ao STF definir quando e como, se por modo presencial ou virtual”, afirmou.

O mandado de segurança, vale lembrar, foi apresentado pelos senadores Jorge Kajuru e Alessandro Vieira, que questionavam a resistência do presidente do Congresso em abrir a CPI, mesmo com as assinaturas necessárias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

AL convida governador e prefeito para expor ações de combate à Covid-19

qua abr 14 , 2021
Deputado Wilson Santos diz que Legislativo deve atuar para superação de divergências políticas e melhor resultado das políticas públicas Via Assembleia Legislativa O plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou na manhã desta quarta-feira (14) requerimento de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) que convida o governador […]