Superintendente da Caixa Econômica de MT fala com exclusividade sobre dúvidas do auxilio emergencial para beneficiários de Colíder (MT) e região

O superintendente de rede da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso, José Antônio da Silva, falou exclusivamente aos beneficiários do auxílio emergencial da unidade regional de Colíder (MT).

Por Claudemir G.de Lima

Superintendente de rede da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso, José Antônio da Silva – Foto: Arquivo Altonorte

O superintendente de rede da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso, José Antônio da Silva, falou exclusivamente aos beneficiários do auxílio emergencial da unidade regional de Colíder (MT).

José Antônio da Silva fala também sobre mais duas parcelas liberadas pelo governo federal e sobre os bloqueios feitos em contas digitais e poupanças sociais mediante os últimos indícios de tentativas de fraudes.

Duas novas parcelas foram liberadas pelo Governo e inclusive os beneficiários que já estavam recebendo ficaram com dúvidas.

O superintendente da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso José Antônio da Silva explica que: “o Governo Federal por meio do Ministério da Economia estendeu o auxilio emergencial para duas parcelas. Antes tínhamos até três parcelas, agora vamos ter cinco, independente do período de aprovação. Quem está recebendo a primeira parcela agora vai receber mais quatro. Quem ainda não recebeu e será selecionado nas próximas semanas receberão as cinco. E quem já recebeu quatro, como é o caso do Bolsa família, que nós já estamos pagando a quarta parcela (receberá mais uma”.

Em relação às essas duas parcelas, o beneficiário que já estava recebendo continuará recebendo até completar as cinco parcelas. Quem pediu recentemente o auxilio emergencial também irá receber as cinco parcelas.

O beneficiário do Bolsa Família segue calendário específico. O calendário do Bolsa Família é todo decimo dia útil do mês seguindo o NIS (Número de Identificação Social).

No dia 21 de julho, a Caixa bloqueou contas da poupança social por suspeitas de fraudes.

O superintendente de rede da Caixa Econômica de Mato Grosso explica que o bloqueio foi por tentativas de hackers fazer o saque no lugar do beneficiário.

Agora como desbloquear? O superintendente da Caixa pede que as pessoas não entrem em desespero. Primeiro ele solicita que o beneficiário abra o aplicativo “Caixa Tem” para visualizar a informação se a conta foi ou não bloqueada. No caso de bloqueio terá uma mensagem na tela pedindo que compareça a uma unidade da Caixa. Mas para fazer este desbloqueio direto na Caixa somente na data correta do calendário que já aparece no aplicativo.

IMPORTANTE: ASSISTA AO VÍDEO EXPLICATIVO GRAVADO PARA O PORTAL ALTONORTE

O vídeo gravado pelo superintendente de rede da Caixa Econômica Federal especialmente para os beneficiários atendidos na unidade regional em Colíder (MT) fica disponível abaixo

Unidade da Caixa Econômica Federal em Colíder (MT)- Foto: Claudemir Lima

Por Claudemir Lima (MTB 0002711)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Tribunal diminui multa e prazo de suspensão de direitos políticos de ex-prefeito no Nortão

qua jul 29 , 2020
Via Só Noticias Os desembargadores da Segunda Câmara de Direito Público e Coletivo diminuíram as sanções aplicadas ao ex-prefeito de Matupá (207 quilômetros de Sinop), Fernando Zafonato. O ex-gestor foi condenado, em primeira instância, por atos de improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por cinco anos. Também foi […]