Tem região que já colheu mais de 95% da soja em Mato Grosso, diz Imea

O estado recolheu até o momento 84% da área, levemente atrasado em comparação ao ano passado, quando a colheita estava em 87,7%

Mato Grosso já colheu 84,1% da área de soja de 37 milhões de hectares, segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), até 2 de março. O ritmo é mais rápido que os 68,5% da média histórica para o período, mas aquém dos 87,7% da safra 2018/2019.

Entre as regiões, a parte médio-norte é a mais adiantada com 95,2% da área, pouco abaixo dos 96,1% do ano passado. Na sequência vem a região oeste, com 93,6% da área já colhida. Depois vem o noroeste com 89%, norte com 84,4% (única com trabalhos mais avançados que 2019, quando havia sido colhido 79%), sudeste com 78,1% e o centro-sul com 77,4%.

A região com menor ritmo de colheita é o nordeste do estado, com 64,2%.

Avanço desde a última semana

Para entender melhor como está avançando a colheita da soja no estado, vale destacar quais as regiões avançaram mais rápido desde o último levantamento, de 24 de fevereiro. Mato Grosso viu os trabalhos de colheita avançarem quase 11 pontos percentuais em uma semana, saltando de 73,1% para 84,1% nesta semana.

A região centro-sul (onde está Cuiabá) teve o maior avanço em uma semana, de 19 pontos percentuais, saindo de 58,31% na semana passada, para 77,45% nesta semana. A região nordeste, que até a semana passada era a que tinha o pior ritmo de colheita do estado, agora é a segunda com o maior avanço de uma semana para a outra, com 16,8 pontos percentuais de avanço (passando de 47,5%, para 64,2%).

O pior ritmo de avanço foi detectado na região oeste com menos de 4,8 pontos percentuais em uma semana, saindo de 88,7% na semana passada, para 93,6% nesta semana.

Fonte: https://www.canalrural.com.br/sites-e-especiais/projeto-soja-brasil/tem-regiao-que-ja-colheu-mais-de-95-da-soja-em-mato-grosso-diz-imea/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Candidato que espalhar fake news pode ficar 5 anos como ficha suja, afirma juiz

seg mar 2 , 2020
Divulgar informações falsas durante as eleições pode dar prisão e/ou multa, além sofrer processo por calúnia e quem for prejudicado tem o direito de resposta. Para combater a situação, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso conta com “um exército de pessoas com conhecimento jurídico e em tecnologia da informação […]