Vírus espionam sistema operacional da Apple e roubam carteiras de criptomoedas

Especialistas encontram novos ataques que miram usuários de MacBook.

Via G1

Pragas digitais miram usuários de macOS para roubar criptomoedas. — Foto: Creative Commons e Divulgação

As fabricantes de antivírus Trend Micro e Eset publcaram alertas sobre novos códigos maliciosos que estão mirando usuários do macOS, o sistema operacional da Apple usado em MacBooks e iMacs. Os programas são capazes de espionar o sistema e, em um dos casos, apresentar comportamento semelhante ao de um vírus de resgate.

O macOS é considerado um alvo muito menos comum para pragas digitais do que o Windows. O perfil das ameaças também é diferente: muitos dos programas maliciosos para macOS apenas mostram publicidade.

Mas esses ataques descritos pelos especialistas, que usam os vírus Gmera e ThiefQuest, são focados no roubo de informações. Ambos miram o roubo de carteiras virtuais ou senhas de serviços para gestão de criptomoedas, mas têm características diferentes.

Imagem de MichaelWuensch por Pixabay

Gmera

O Gmera, analisado pela Eset, é um ladrão de carteiras de criptomoeda. Ele também pode roubar cookies – que podem ser usados para fazer login em sites como lojas e redes sociais – e realiza capturas de tela do computador.

O ataque chamou a atenção por clonar o visual e a funcionalidade de um software legítimo para gerenciar criptomoedas, o Kattana. Os criminosos geraram versões falsificadas do Kattana com nomes como Cointrazer, Cupatrade, Licatrade e Trezarus.

Segundo o especialista Marc-Etienne M.Léveillé da Eset, é possível que as vítimas tenham sido abordadas individualmente pelos golpistas, que ofereciam o programa adulterado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Em nova live, dupla Bruno e Marrone volta a elogiar Bolsonaro e declaração viraliza

seg jul 27 , 2020
“Não que eu seja bolsonarista, mas eu falo do Bolsonaro porque ele é um cara honesto”, afirmou Bruno em sua live com Marrone. Via Portal Pop Line Já não é nenhuma novidade que a dupla sertaneja Bruno e Marrone é apoiadora do atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, frequentemente envolvido em polêmicas. […]